Pular para o conteúdo principal

Postagens

Revolução Russa completa 105 anos

Postagens recentes

Reformismo eleitoreiro só leva à derrota

O primeiro turno das eleições presidenciais foi vencido por Lula do PT com 48,4% dos votos contra 43,2% de Bolsonaro, sendo que este conseguiu eleger os principais golpistas para o Senado, Câmara dos Deputados e Estados, o que assegura um Congresso Nacional e governadores ultrarreacionários. O resultado das eleições representa uma derrota para a política de conciliação e colaboração de classes e reformista do PT, constituindo-se praticamente na “institucionalização” do golpe de 2016, o que na realidade poderá inviabilizar eventual governo petista, em caso de “vitória” no 2º turno (isso poderá se agravar com a ampliação da Frente petista, com a chamada “Frente Ampla” ou “Frente Democrática”, ou seja,  com a inclusão de mais setores burgueses e direitistas, além do candidato a vice, Geraldo Alckmin). Leia mais: Lula, sem Alckmin, por uma Frente Única dos Trabalhadores Capitalismo indo a pique Censura do STF, privataria da Eletrobras e a anulação do programa do PT Trotsky: A arte militar

Lula, sem Alckmin, por uma Frente Única dos Trabalhadores

© foto: Ricardo Stuckert Aproximam-se as eleições para a presidência da República, com a liderança nas pesquisas do candidato do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva. As eleições no Brasil costumam ser fraudadas de forma antidemocrática e violenta, como ocorreu com a eleição de 2018, com a participação direta do judiciário golpista, que impediu a vitória de Lula, com sua prisão, propiciando a ascensão do usurpador Bolsonaro.   Nestas eleições, vários são os episódios de violência, sendo os mais graves os dois assassinatos de petistas por bolsonaristas. Leia mais: Capitalismo indo a pique Censura do STF, privataria da Eletrobras e a anulação do programa do PT Trotsky: A arte militar e o jogo de xadrez Solidariedade ao PCO contra a perseguição do STF Desdobramentos da guerra imperialista A Tendência Marxista-Leninista posiciona-se pelo voto em Lula, apoiando-o criticamente por discordar da política de colaboração e conciliação de classes com a burguesia da maioria da dir

Capitalismo indo a pique

O primeiro-ministro da Grã-bretanha, Boris Johnson, caiu, aumentando a crise por que passa o capitalismo com a guerra imperialista na Ucrânia, invadida pelo imperialismo russo, em confronto com o expansionismo do imperialismo ocidental, liderado pelos Estados Unidos e a União Europeia, amplificada pela crise climática com o aquecimento global, ecológica com a destruição das florestas e dos ecossistemas e sanitária do Covid-19. Leia mais: Censura do STF, privataria da Eletrobras e a anulação do programa do PT Trotsky: A arte militar e o jogo de xadrez Solidariedade ao PCO contra a perseguição do STF Desdobramentos da guerra imperialista Alckmin na chapa, o filé que fortalece o bolsonarismo Os países imperialistas, como Estados Unidos, Inglaterra, França, etc., estão entrando numa crise profunda. Os Estados Unidos estão sendo assolados pela inflação, com a deterioração do tecido social, vivendo praticamente todos os meses massacres, como os últimos ocorridos em Highland Park, nos arredor

Censura do STF, privataria da Eletrobras e a anulação do programa do PT

*Por Leonardo Silva Desde que Lula recuperou seus direitos políticos após a saída da prisão, a situação política na esquerda vem sofrendo franco processo de deterioração, a começar pela própria direção do PT. Da prisão, o próprio Lula se opunha a chamada "Frente ampla pela democracia" com os principais elementos do golpe de 2016, e agora estamos as voltas com o ex-governador tucano Geraldo Alckmin (PSB-SP) como candidato a vice, ou seja, um neoliberal carrasco dos trabalhadores como candidato indireto a sucessão presidencial. Leia mais: Trotsky: A arte militar e o jogo de xadrez Solidariedade ao PCO contra a perseguição do STF Desdobramentos da guerra imperialista Alckmin na chapa, o filé que fortalece o bolsonarismo PSOL passa a integrar a burguesa Rede Sustentabilidade A fala do então senador da ala direita do PT Humberto Costa à revista Veja logo após a derrubada da presidenta Dilma sobre "virar a página do golpe" se figura quase que como uma profecia quando toda

Trotsky: A arte militar e o jogo de xadrez

A  Tendência Marxista-Leninista  publica abaixo um texto de Leon Trotsky, onde este trata da Arte Militar e do Jogo de Xadrez, na Rússia Soviética revolucionária. A transcrição é de um trecho do livro “Problemas da Guerra Civil”, um discurso de Trotsky, em 29 de julho de 1924, em Moscou, realizado na Sociedade das Ciências Militares, mais especificamente do texto “Saber militar e marxismo”, págs. 65/66, da 1ª Edição, da Editora Antídoto de Lisboa, Portugal, do ano de 1977. Mantivemos a grafia portuguesa da época. Leia mais: Solidariedade ao PCO contra a perseguição do STF Desdobramentos da guerra imperialista Alckmin na chapa, o filé que fortalece o bolsonarismo PSOL passa a integrar a burguesa Rede Sustentabilidade Copa do Mundo: barbárie com os trabalhadores estrangeiros no Catar (...) “Pode-se mesmo, com o maior êxito, aplicar o marxismo à história do xadrêz. Graças ao marxismo podemos estabelecer o que era a antiga nobreza do género Oblomov (6) que a preguiça que impedia mesmo

Solidariedade ao PCO contra a perseguição do STF

A Tendência-Marxista Leninista manifesta total solidariedade ao Partido da Causa Operária (PCO), em defesa do direito de organização, expressão e manifestação, contra a perseguição macartista e fascista do Supremo Tribunal Federal, ponta de lança do golpe de 2016, com evidentes intenções de interferir no pleito eleitoral, como fez a Operação Lava Jato, e para agravar a conjuntura política nacional, marcada por chacinas contra a população pobre e negra das periferias das cidades, com dezenas de mortes de pessoas notadamente nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e nos demais, sem apuração rigorosa, ou seja, o golpismo transformando-se em ditadura. Leia mais: Desdobramentos da guerra imperialista Alckmin na chapa, o filé que fortalece o bolsonarismo PSOL passa a integrar a burguesa Rede Sustentabilidade Copa do Mundo: barbárie com os trabalhadores estrangeiros no Catar O papel dos trabalhadores na desnazificação Ucrânia e Europa TENDÊNCIA MARXISTA-LENINISTA (TML)