sábado, 8 de outubro de 2016

Brasileiro que luta contra o governo golpista e nazista da Ucrânia é preso próximo a Kiev

Rafael Marques Lusvarghi, de 32, brasileiro que luta contra o governo golpista e nazista da Ucrânia é preso no Aeroporto de Boryspil, cidade próxima a Kiev, a capital.

Como no Brasil, a Ucrânia sofreu um golpe de estado impulsionado pela burguesia nazista e pelo imperialismo americano, com a ajuda do mega especulador grego George Soros e o apoio do Enclave terrorista e sionista de Israel, muito embora após tenha realizado eleições antidemocráticas e fraudulentas para eleger o novo presidente do país, como aliás aconteceu no Brasil recentemente com as eleições municipais antidemocráticas, fraudulentas e sangrentas, com 45 atentados e 28 assassinatos perpetrados pelos golpistas brasileiros.

Inclusive, George Soros é o patrão do brasileiro naturalizado norte-americano, Armínio Fraga, e também está impulsionando um golpe dentro do golpe no Brasil, para retirar o golpista Michel Temer  para substituí-lo por Fernando Henrique Cardoso, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)  tucano. Este golpe dentro do golpe já está em andamento com ações do Ministério Público Federal golpista no sentido de impugnar a candidatura de Dilma/Temer nas eleições de 2014.

A Tendência Marxista-Leninista defende a imediata liberdade de Rafael porque é legítima a sua luta contra o regime nazista da Ucrânia, sendo certo que está correndo risco de morte.  

Para tanto, conclamamos todas as entidades do movimento operário e popular para que seja marcada uma reunião para organizarmos manifestações nos consulados e na embaixada da Ucrânia pela libertação de Rafael.

Erwin Wolf

Nenhum comentário:

Postar um comentário