sexta-feira, 28 de agosto de 2015

SBC realiza Seminário Internacional de Participação Cidadã

O prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, abriu o Seminário Internacional “Participação Cidadã, Gestão Democrática e as Cidades no Século XXI” na tarde desta sexta-feira (28), no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe).

O evento, que acontece entre hoje e amanhã (29), reúne lideranças acadêmicas da Europa e América Latina e tem por objetivo discutir as perspectivas da participação pública na gestão das cidades.

Em sua intervenção, Marinho disse esperar que o seminário “contribua com o debate de ideias” e fez uma relação do tema com sua administração à frente do município.

“A política, assim como a participação popular é um construir de relacionamentos sociais. A vida política não esta restrita ao estado. Pode ser feita entre amigos, familiares e colegas de serviço”, disse.

Participação cidadã, cidades e insurgências urbanas
Após a abertura com a presença do prefeito Luiz Marinho, o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli, moderou uma mesa em que foram discutidos assuntos sobre ‘Participação cidadã, cidades e insurgências urbanas’.

A mesa foi composta pelo munícipe Jeronimo de Almeida Neto; presidente do Conselho Nacional do SESI, Gilberto Carvalho; Jeroen Klink, da Universidade Federal do ABC (UFABC); Sérgio Lírio, da revista Carta Capital; e Antonio Bonfatti, governador da província de Santa Fé, na Argentina.

2ª mesa de debate
Desafios e perspectivas da participação no século XXI, estes foram os temas da segunda mesa no Seminário Internacional, que contou com a moderação de Jeroen Klink. Angela Alves, da sociedade civil; Giovanni Allegretti, da Universidade de Coimbra; Evelina Dagnino, da Universidade de Campinas; Jairo Jorge da Silva, da Rede Brasileira de Orçamento Participativo; e Yves Cabannes, da University College London, fizeram suas intervenções.

Palestra com Haddad
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, encerrou o primeiro dia de atividades no Seminário Internacional “Participação Cidadã, Gestão Democrática e as Cidades no Século XXI” realizando uma palestra. Sob o tema ‘Sociedades Dissidentes, Futuro e Construções Coletivas’, Haddad fez uma explanação por quase uma hora, onde abordou sua experiência no governo Federal e agora, na Prefeitura de São Paulo; falou sobre a crise de representatividade que vivem os governos hoje no Brasil; e abordou a interatividade e contradições das redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário