domingo, 18 de outubro de 2015

A Revolução Russa completará 98 anos

A Revolução Russa, liderada pelo Partido Operário Social-democrata russo, o Partido Bolchevique, completará no dia 7 de novembro próximo, 98 anos, de acordo com o calendário ocidental (pelo antigo calendário russo, ela foi realizada em 25 de outubro de 1917, por isso que também é chamada de Revolução de Outubro).

Este artigo é a introdução de uma série que estamos elaborando para comemorar a Revolução Russa, visando resgatar as “Lições de Outubro”, inclusive título da obra de Leon Trotsky (nascido Lev Davidovich Bronstein), e também comemorar 136 anos do nascimento do organizador do Exército Vermelho, que coincidentemente nasceu na mesma data.

Pretendemos, logicamente dentro das limitações deste Blog, iniciar pelos precedentes da Revolução da Comuna de Paris, a primeira revolução em que o proletariado conquistou o poder  e pela Revolução Russa de 1905,  que embora derrotada, foi uma experiência muito importante da jovem classe operária russa.

Assim, abordaremos as 3 Revoluções russas, ou seja, a Revolução de 1905, a Revolução de Fevereiro de 1917 e a Revolução de Outubro de 1917. Em seguida vamos estudar a Guerra Civil, onde o governo bolchevique enfrentou 14 exércitos imperialistas da França, Inglaterra, Alemanha, Tchecoslováquia, saindo-se vitorioso em 1921. E por último o desenlace da Revolução Internacional, na época, quer dizer, a Revolução Alemã de 1919 e 1923, a Revolução Húngara de 1919, etc.

Na primeira revolução russa, já havia as frações bolcheviques (maioria) e menchevique (minoria) . Todavia, o proletariado russo foi derrotado, seguindo-se feroz repressão por parte do czarismo. 

Essa Revolução marca o nascimento dos sovietes,  conselhos de operários, camponeses e soldados do exército.  

A Revolução de Fevereiro de 1917 marca a queda do czarismo e a tomada do poder pela burguesia.

Após a Revolução de Fevereiro de 1917 na Rússia, o Partido Bolchevique viveu uma crise de direção, sendo reorientado pela famosas Teses de Abril de Lênin.

Assim, com a reorientação do Partido Bolchevique, este conseguiu conquistar o poder, em aliança com os camponeses, a ala esquerda do partido socialista-revolucionário, por meio da famosa palavra de ordem Todo o Poder aos Sovietes.

Os bolcheviques vitoriosos formaram o Comissariado do Povo, liderado por Vladimir Ilitch Ulianov, que tinha o codinome de Nicolau Lênin, o qual instaurou o governo operário e camponês, com a resolução das tarefas democráticas, expulsão do imperialismo e reforma e revolução agrária, com expropriação dos meios de produção, fábricas, bancos, terras, coletivização agrária, planificação econômica, monopólio do comércio exterior, etc., as chamadas conquistas de outubro.

Erwin Wolf

Nenhum comentário:

Postar um comentário