domingo, 4 de outubro de 2015

Portuários entraram em greve contra as demissões em massa em Santos

Os portuários da vizinha cidade de Santos, no litoral sul paulista (dista à aproximadamente 50 km de nossa cidade, São Bernardo do Campo), entraram em greve contra as demissões em massa. Desde janeiro já forma demitidos 400 portuários da empresa EcoPorto, que possui 1.200 trabalhadores, do Complexo Portuário do Grupo EcoRodovias, que possui contrato com o Governo do Estado de São Paulo.

A greve foi decidida em assembleia do Sindicato dos Empregados em Transportes Aquaviários e Operadores Portuários do Estado de São Paulo (Settaport), realizada no último dia 30 de setembro, sendo deflagrada a zero hora do dia 1º de outubro.

O movimento pró-formação de uma Tendência Marxista-Leninista do PT expressa total apoio à luta dos portuários santistas, pela readmissão dos companheiros demitidos.

Ignácio Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário