terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Manifestantes tomam as ruas de SBC contra o aumento da tarifa

Grupo suprapartidário percorreu as principais vias do Centro de São Bernardo para protestar contra o novo preço das passagens

Após manifestações em Mauá, Santo André e Diadema, São Bernardo do Campo foi palco de um ato, no final da tarde e início da noite desta terça-feira (19), contra o aumento do preço das passagens no transporte público.

Convocado pelo ‘Comitê Regional Unificado contra os aumentos de passagens no ABC’, o protesto reuniu cerca de 100 pessoas, que fizeram uma passeata do terminal de trólebus que fica ao lado do Paço Municipal até a praça da Igreja Matriz, dando a volta na Prefeitura, passando pela avenida Faria Lima, e ruas Dr. Fláquer e Marechal Deodoro.

Gritando palavras de ordem e distribuindo panfletos, membros do Comitê protestaram contra “a péssima qualidade no serviço oferecido pelas empresas de transporte público e contra o aumento abusivo no valor das passagens”. Os manifestantes também deixaram claro, durante suas falas, que a tarifa zero nas sete cidades da região é a principal bandeira do movimento.

O encerramento do ato aconteceu na praça da Igreja Matriz, local onde todas as noites de terça acontece a ‘Batalha da Matrix’ – uma disputa entre jovens MC’s da cidade.

Aumento das tarifas
No último dia 8, as Prefeituras de Diadema, Mauá, Santo André e São Bernardo publicaram em seus veículos oficiais decretos executivos que aumentaram as tarifas das passagens de R$ 3,50 para R$ 3,80. Ao contrário de Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e São Caetano do Sul, cidades que não tiveram reajuste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário