sábado, 26 de dezembro de 2015

Às vésperas do Natal, Beto Richa demite 30 mil professores no Paraná

O governador do Paraná, Beto Richa, que ficou conhecido como Beto Hitler em razão da feroz repressão aos professores em greve recentemente no Paraná, às vésperas do Natal demitiu 30 mil professores da rede pública estadual.

Esse número de demissões representa mais de um terço dos professores da rede. Além disso as dispensas prejudicarão a reposição das aulas dos alunos do ano letivo de 2015, por causa da justa greve dos professores contra o ataque aos seus direitos previdenciários, como, por exemplo, de aposentadoria.

Mais esse ataque aos direitos dos trabalhadores no Natal, demonstra que o PSDB tucano, a burguesia, o imperialismo norte-americano e a extrema-direita não dão trégua no Natal e no Reveillon, pois estão tentando fazer no Brasil como estão fazendo na Argentina, com Mauricio Macri, que apesar de eleito (no circo eleitoral fraudulento das eleições burguesas) vem governando por decreto e utilizando a polícia para reprimir os trabalhadores argentinos.

Aqui no ABC paulista também os 7 prefeitos do ABC combinaram o aumento de passagens de ônibus para o início do ano, atendendo aos interesses dos empresários do setor, pouco se lixando para a situação dos trabalhadores. Todavia, os trabalhadores e a juventude do ABC já marcaram uma reunião para o dia 28 de dezembro, segunda-feira, às 18 horas, em Santo André, na Rua Siqueira Campos, 560, 10º andar, sala 102, para organizar a luta.

Assim, na prática, a classe operária não tem direito a Natal, Reveillon, Carnaval, porque senão “samba”, temos de ficar espertos e seguir o exemplo do ABC paulista, retomando imediatamente a luta contra o Beto Richa, reivindicando a reintegração imediata dos professores demitidos.

- Pela reintegração imediata dos professores demitidos no Paraná!
- Fora Beto Richa!

Anita Garibaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário